Inspiração: Neo Gypsy

Imagem

Neo Gypsy / New Gypsy é uma tendência urbana inspirada na cultura cigana, com uma pegada mais atualizada e moderna. Com raízes na década de 70 se originou nos povos indianos conhecidos por ciganos, um grupo nômade que adaptava as características de cada lugar visitado às suas vestimentas. Os ciganos possuem uma riqueza enorme de informações e vasto mix de culturas diferentes. Conhecidos, principalmente, pelo uso de inúmeras jóias  e estampas étnicas. As referências de suas roupas se dão pelas roupas fluídas e multicoloridas vale apostar em decotes ombro a ombro, assim como as saia longas. Nos acessórios, inúmeros adornos coloridos usados em grande quantidade, o famoso brinco de argolas, lenços na cabeça, detalhes com franjas, bolsas transpassadas e rasteirinhas de tiras, rendas, crochet e tranças. O neo gypsy é bastante parecido com o boho. Uma marca registrada do estilo é o de colocar algumas partes do corpo, como ombros, pernas ou barriga à mostra.

xxxImagem

PicMonkey Collaget PicMonkey Collager PicMonkey CollageedImagemPicMonkey CollagePicMonkey CollagePicMonkey Collage2PicMonkey CollagegPicMonkey Collagert

Leia também:

 

Anúncios

Estilo Boho Chic

Para quem não conhece o boho chic, é uma mistura de estilos bem ecléticos tais como Boêmio, Hippie e Chique. Portanto esse estilo nada mais é que uma mistura do hippie com uma pegada mais atual e sofisticada.Tem aquele arzinho de despretensão que o hippie dá, mas abusa de peças mais sofisticadas. Chique, né?Imagem

O look é cheio de atitude e propositadamente despojado, ideal para situações mais informais. A combinação é perfeita para as fashionistas que não abrem mão do conforto.Imagem

Para seguir esta tendência, não é preciso sair de casa com um visual desajeitado. Apesar do jeito despojado do estilo Boho, deve haver harmonia entre as peças. Sendo assim, não é recomendável misturar qualquer peça sem critério, pois corre-se o risco criar um visual “largado”.

O segredo está em brincar de misturar peças mais rústicas – como botinhas, coletes e peças com franjas – com peças mais delicadas de tecidos mais finos e texturas leves. Para finalizar, os acessórios são sempre bem-vindos e são um ponto indispensável da produção. Não podem faltar maxi colares, pulseiras e braceletes prateados, pedras coloridas, penas e acessórios em couro e óculos-escuros grandes.

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem